fbpx

Branding: o que é? Como ele pode ajudar a marca?

Branding-Thumbnail
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no linkedin
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhe

Acho que precisamos começar aprendendo sobre: O que é Branding?

Branding é o conjunto de ações referente a sua marca. Assim seu objetivo é criar conexões entre o seu negócio e o seu público, sendo elas inconscientes e conscientes. O Branding também trabalha com a ideia de que a sua marca precisa ser planejada, estruturada, concebida e que haja uma promoção. Esse trabalho é usado para que o seu público ou possível público entenda seu posicionamento, além de aumentar sua importância no mercado, fomentar sua visibilidade e trazer uma boa imagem para a sua empresa.
Em sumo, um Branding bem realizado vai garantir que a sua marca cresça de forma inteligente e que mantenha uma linearidade.

Agora que sabemos o que é Branding, vamos explicar quais são esses conjuntos de ações que envolvem sua marca

Branding-marca

Identidade Visual

Como o próprio nome sugere, é como sua marca será vista, ou seja, isso envolve criação de logotipo, tipografia utilizada, cores e tudo que for relacionado ao layout da sua marca.

Logo

Hoje vivemos em um mundo que está se digitalizando. Então, quando for criar o seu logo, leve em consideração que ele esteja planejado para ambiente web, além do ambiente off, que são para materiais de impressão. Pense na facilidade de aplicação da sua marca e principalmente no entendimento do nome na hora da leitura.

Mas ele só é o início de toda a construção da sua marca, afinal ele precisa de elementos para que a composição tenha sucesso e para que passe tudo que a sua marca é.

Cores

As cores vão além do que deixar a sua marca atrativa ou simplesmente bonita, elas se aliam para atingir os objetivos da sua empresa, para passar o seu posicionamento.
Você já deve ter escutado sobre a psicologia das cores, onde cada cor transmite e desperta uma sensação no público, por este fato é importante escolher as cores certas da sua marca, as cores que irão passar o que realmente a sua marca é e faz no mercado. Mas lembre-se, não é da noite para o dia que a sua marca vai ficar gravada pela cor na mente do seu consumidor, é importante que você repita ela sempre em inúmeros detalhes e ações da sua marca, criando assim uma conexão com o seu público.

Tipografia

Acreditamos que essa seja uma das partes mais difíceis na construção do logo, a temida tipografia, afinal, você vai querer seu logo com serifa ou sem? caixa alta ou baixa? negrito ou normal? colorido ou neutro? são inúmeras questões que passam pela cabeça nessa construção do logo.
Esse é o momento que você tem que pensar muito, afinal é como as pessoas verão o nome da sua marca e ela precisa ser legível, onde quando alguém bater o olho entenda o que está escrito.
É importante levar outro detalhe em consideração, ter uma fonte primária, que é a fonte do logo, a principal e uma fonte secundária, que é a que vai complementar a primária, por exemplo: artes para as mídias sociais, é legal você usar a fonte secundária para que não haja um conflito direto entre a mensagem da arte com o seu logo, eles precisam se complementar e não ter uma batalha entre si.

Crie o seu Manual da Marca

O manual da marca é um guia para tudo relacionado a sua marca tanto para você quanto para terceiros. Nele estará todos os dados, descrições e características presentes na sua marca, estará como podem usar o seu logo e como NÃO podem usar, todas as aplicações que o seu logo se encaixa e quais ele NÃO se encaixa, então ali é realmente um suporte para que a sua marca esteja sempre sendo mostrada da melhor forma possível.
Então encare o manual da marca como um documento de orientação, já que de lá sairá toda a sua orientação para layout da sua comunicação.

Linha de Estilo

Utilize se possível uma única linha de estilo, no máximo mude detalhes com o tempo, mas sem tornar essas mudanças corriqueiras, afinal você quer que o seu público lembre da sua marca e caso você fique alterando todo o tempo a sua linha de estilo o seu público nunca irá se identificar com a sua marca.
Posso adotar mais de uma linha? Claro que pode, mas lembre-se:

“Mais é Menos!”

Ludwig Mies Van der Rohe

Estratégia de Branding

A estratégia é como será passado o objetivo da sua marca, seguindo o seu posicionamento. Na identidade visual passamos como seria o objetivo visual, entretanto com estratégia passamos os valores, propósitos e posicionamento da marca. É muito importante que os dois caminhem juntos, afinal a sua estratégia não pode passar algo que a sua identidade visual não passe.

instagram-CTA-seguidores

Personalidade da Marca

Quando falamos de comunicação da marca e para quem eu vou apresentá-la, a primeira pergunta é:

– Como é a minha persona? – falamos um pouco de persona e público alvo em um outro artigo por aqui, vale a leitura depois que acabar por aqui.

Para criar a personalidade da marca, a melhor maneira é fazer perguntas, porém que sejam estratégicas e não qualquer tipo de pergunta:

– Qual a personalidade da sua marca?

– O que ela transmite para o público?

– O que ela quer transmitir para o público?

– Que adjetivos ela tem?

– Se ela fosse uma pessoa, como ela seria?

– Se ela tivesse hobbies, quais seriam?

Essas são algumas perguntas que podem ajudar na criação de uma personalidade para a sua marca.

Tom de Voz

Outro ponto muito importante é o tom de voz, é ele que dará a linha de comunicação da e mostrará a maneira de como a marca deve se comunicar com o público.
Pense primeiro na personalidade da sua marca e depois reflita como você gostaria de falar com o público tanto nas redes sociais quanto em materiais off.
Se pergunte se você deveria usar uma linguagem descontraída ou mais séria, se você vai falar na primeira pessoa ou não e por aí vai.

Canais de Comunicação

Não podemos deixar de falar sobre os canais de comunicação, afinal que adianta fazer tudo o que falamos até aqui se você não vai ter um meio para se comunicar. Então defina todos os canais de comunicação com seu público, uma dica valiosa, faça uma breve pesquisa de onde está o seu público, como ele se comporta, quais horários são os melhores para você aparecer e “falar” com ele, assim ficará mais fácil definir quais mecanismos usar para sua comunicação e ela se tornará mais assertiva.
Existem várias plataformas para se utilizar, podendo ser digital: WhatsApp, Facebook, Instagram, Youtube, E-mail, Sites. No entanto, podemos usar as comunicações Offline: Panfletos, Outdoors, cartazes, banners e etc.

Conteúdo

Para se ter uma boa estratégia é preciso planejar o conteúdo da sua marca. Então, vemos no conteúdo a harmonia entre o Visual e Estratégico atuando juntos. Alinhando sua estratégia visual, com o conceito de comunicação estipulado e um conteúdo de qualidade você fará um barulho no seu mercado de atuação! Lembre-se é o conteúdo e a linguagem definida que irá trazer o público correto para a sua empresa.

E aí galera, gostou de saber um pouco mais sobre Branding? Deixe nos comentários suas dúvidas e sugestões de novos assuntos. Compartilhe o texto com amigos!

Quer receber novidades da Loopa?

Receba todas as novidades! É simples basta deixar seu e-mail e clicar no botão enviar!

Compartilhe com seus amigos!

Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp