fbpx

Marketing olfativo: O que é? E como usar?

thumbnails-Marketing-olfativo
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no linkedin
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhe

O principal objetivo do marketing olfativo é fazer associação de cheiros à marca, ou seja, encontrando aromas que remetem aos valores da organização e aos sentimentos que ela espera provocar em seu público-alvo. Assim, cria-se uma memória olfativa, que é mais duradoura que a memória visual.

Ao usar a ferramenta, a marca adiciona mais um item à experiência do consumidor. Há estudos que comprovam que nosso organismo tem a tendência a lembrar mais facilmente de cheiros do que de estímulos visuais ou auditivos. Ou seja, a estratégia é uma fortaleza para trabalhar lembrança de marca.

Não são fórmulas ou poções mágicas escolhidas aleatoriamente, mas sim, compostos previamente estudados e com uma proposta, que visa principalmente efetivar vínculos que se inicia com o reconhecimento da marca. Se observarmos a história do marketing olfativo através dos tempos, chegamos a Las Vegas nos Estados Unidos, pois foi lá que as primeiras técnicas da estratégia dos aromas influenciam o comportamento humano.

Acredite ou não, as máquinas de caça níqueis dos anos 70, eram aromatizadas a fim de apostadores permanecerem jogando e aumentando suas apostas.Nos anos 80, os conceitos e os benefícios da aromaterapia foram difundidos de forma grandiosa e de certa forma influenciaram também para que o marketing olfativo se propagasse.

Gradualmente, a aromatização dos ambientes e dos produtos passou a ser pauta obrigatória como estratégia de marketing sensorial.

Facebook-CTA-Curtidas

Como isso funciona na prática?

Para entender melhor o marketing associado a cheiros e perfumes, vale falar um pouquinho sobre como nosso corpo funciona. Que o organismo do ser humano atua como uma máquina, todo mundo já sabe. Então, imagine que, quando você sente o aroma de algo, está ativando uma parte da sua cabeça onde ficam gravadas todas as nossas emoções e memórias. É isso mesmo!

Estamos falando do nosso sistema límbico cerebral, um pedacinho do nosso cérebro que é responsável por processar tanto o nosso olfato, quanto nossas lembranças de vida. Por isso que um perfume tem o poder de trazer lembranças e passagens antigas quase que automaticamente, nos fazendo praticamente viajar no tempo!

Isso quer dizer que, se uma marca está buscando sua identidade olfativa, é porque quer impactar o público alvo de maneira inesquecível. Claro que, para criar esse cheirinho exclusivo, é preciso antes entender quais emoções a marca quer passar, pois cada aroma tem uma característica diferente.

Quais as possíveis maneiras de trabalhar com aromas na empresa?

Criação de um logo olfativo

Geralmente as marcas são reconhecidas por suas cores ou símbolos. Mas a sua empresa pode ir além disso e optar por criar uma logo olfativa. Ou seja, é possível criar uma identidade aromática capaz de fazer com que o cliente perceba que a fragrância de sua loja é única e exclusiva daquele estabelecimento.

Brindes

O ato de oferecer brindes ao cliente é uma maneira de demonstrar que a empresa pretende estabelecer uma relação afetiva com seu público. Mas os brindes não precisam ficar entre canecas, canetas ou camisas personalizadas.

Marketing-olfativo-brindes

Trabalhar com o marketing sensorial advindo do olfato pode ser muito vantajoso. Por exemplo, você pode oferecer ao cliente aromatizadores de ambiente que possuem a sua fragrância específica, promovendo sensações prazerosas que serão relacionadas diretamente com a sua marca.

E-Commerce

Geralmente quem trabalha com a venda online encontra dificuldades em utilizar do marketing olfativo. Afinal, não há como exalar aromas durante uma compra feita pela internet.

Mesmo assim, você pode pensar não exatamente no momento da compra em si, mas na entrega do produto. Dessa forma, uma opção é desenvolver águas perfumadas diretamente pensadas na identidade da marca e borrifá-las por cima das embalagens dos produtos que serão entregues ao cliente, fazendo com que o cliente tenha mais um canal para associar as características da marca com o aroma.

Por que investir no marketing olfativo?

A ciência explica essa relação que temos com o olfato e nossas memórias: enquanto os demais sentidos precisam ser mandados para uma região do nosso sistema nervoso central para serem processados e, só depois disso, são enviados para o cérebro para interpretação, o olfato é levado diretamente para uma região do cérebro onde também registramos nossas memórias e emoções. Por isso é tão comum que um cheiro nos leve diretamente a uma memória. Associar sua marca a um cheiro específico é fazer com que o cliente, toda vez que sinta um aroma semelhante, se lembre da sua marca. E, mais do que isso, é conquistar o cliente pelas emoções, tornando a conexão dele com sua marca um laço afetivo.

Hoje, grandes marcas brasileiras e internacionais investem muito para criar uma “fragrância única” que melhor combine com a sua imagem de empresa. É importante destacar que o marketing olfativo é uma proposta ampla, que vence as barreiras e limitações, pois se faz presente não apenas na produção de aromas para lojistas e seus segmentos.

Os efeitos positivos para tornar momento memoráveis através do olfato estão sendo criteriosamente aproveitados para ocasiões variadas, como por exemplo, marketing olfativo para casamentos, shows, palestras, Workshop, anúncios perfumados, entre outros.

Quais os benefícios de utilizar o marketing olfativo na empresa?

Fortalecimento da identidade da marca

Sabia que aspectos como qualidade, sofisticação e limpeza podem ser passados a partir do cheiro? Isso porque podemos acionar memórias sobre essas características por meio do olfato.

Nesse sentido, quando a empresa tem uma estratégia de marketing olfativo, ela consegue fortalecer a marca a partir dos valores que quer evidenciar para seus clientes.

Comunicação com o consumidor

Somos seres sensíveis. Não é à toa que a natureza permitiu ao ser humano desenvolver os cinco sentidos. E quando uma empresa sabe explorar cada um deles, a comunicação com o consumidor alcança alto grau de excelência. Nesse contexto, o olfato pode garantir a interação necessária entre marca e cliente.

Quantas vezes você já percebeu um aroma, sem ao menos poder enxergar de onde vem, ou ao que se refere?

Dentro de nós, as melhores lembranças estão associadas aos perfumes, que quando sentidos não importa em qualquer momento nos traz à tona experiências guardadas ou nos abre para novas. Assim é o modo de pensar e de colocar em prática o marketing olfativo, que através da aromatização, pode transformar ambientes e promover o aumento das vendas consideravelmente.

instagram-CTA-dicas-marketing

Perceba que, com as estratégias corretas do marketing olfativo é possível permitir que o aroma seja a melhor lembrança para os clientes, e que mesmo a longo prazo está memória olfativa estará sempre presente. É possível sim, através do olfato, criar o vínculo essencial para que a empresa possa se perpetuar de forma efetiva, tornando-se a preferida pelo consumidor pela perfeita sintonia entre o aroma, utilidade e bons sentimentos.

Quer receber novidades da Loopa?

Receba todas as novidades! É simples basta deixar seu e-mail e clicar no botão enviar!

Compartilhe com seus amigos!

Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp